29 de Abril de 2011 ♥

domingo, 25 de outubro de 2009

A intensidade do meu ser.


"Escondo-me no tempo, porque o tempo tem asas." É como um recomeço, de uma vida. Um novo olhar, um novo objectivo. Novos caminhos... Gostava de te poder ver, de te tocar e de te beijar. Mas tudo isso parece ser impossível. Caminho na mesma estrada, há demasiado tempo, o fim parece não existir. A mesma história, as mesmas caras...as mesmas desculpas. Procuro solução onde talvez ela não exista. Ninguém compreende, ninguém sabe... e ninguém sente. A dor do passado, pressiona o presente e influência o futuro. "Farto de sentir." Não existem mais palavras, não existe mais vida... O mundo inteiro susteu a respiração e fiquei só eu... Quero sair de dentro do mar e poder respirar de alívio. Tento não pensar, tento mudar, mas não consigo... Vêm-me sempre á cabeça as pequenas, mas grandes memórias. Posso dizer, que tenho saudades, saudades de tudo! Saudades de ti! Saudades da tua voz :) Não consigo explicar, a intensidade de tudo isto...A intensidade do meu ser. Mas, apesar de tudo isto, aprendi a encarar tudo a sorrir :) Porque isso, é das maiores provas que tens de passar. Leva-me contigo! E depois, de cada momento, de cada lágrima...Eu escondo-me no tempo, porque esse, tem verdadeiramente asas!







1 + 1?:

Miguel disse...

TExto muito bom :D:D

é oq ue digo tens muito jeito


Escreves mesmo bem...

Baseaste o texto numa musica :D