29 de Abril de 2011 ♥

quinta-feira, 17 de junho de 2010


"Difícil não é lutar por aquilo que se quer, e sim desistir daquilo que se mais ama.
Eu desisti. Mas não penses que foi por não ter coragem de lutar, mas sim por não ter mais condições de sofrer
."

Sabes o que me fazia sorrir quando estava longe de ti?
Aquelas mensagens que mandavas, com um "Amo-te" tão prolongado, quando me chamavas de Xu, quando os teus smiles de carinho estavam presentes em cada mensagem, quando elogiavas vezes sem conta o meu sorriso, quando até dizias que era fotogénica, quando me dizias que era a tua vida, quando me dizias que eras tão feliz comigo. Dizias sem nunca te cansar "Amo-te tanto..." / "Como eu te amo..." / "Tanto que eu gosto de ti opah...". Adorei o vídeo que me fizeste. Uma vez disseste que se tivesses pais fixes, ias ter comigo sempre que pudesses. Lembras-te daquela quarta-feira? Disseste-me que tinhas o meu cheiro na tua cabeça.
Lembras-te de quando caíste no meio da missa, só para saberes se eu era rap? Lembras-te quando me disseste que as últimas pessoas que tinham aparecido na tua vida tinham sido só desilusões e amigos que tinhas perdido. Disseste que não querias que acontecêsse o mesmo comigo. Lembras-te de dizeres que "parecia um sonho"?
E daquela vez que te liguei? Tinhamos a mania de chamarmos "coize" à voz um do outro e a nós próprios. Dizias que nunca me chegariam aos calcanhares. Lembras-te de quando cantámos os dois a Another Perfect Day inteira?
Essa música que dizia tudo sobre nós.
E a tua melhor amiga disse "Eu nunca vi o Afonso tão apaixonado, e eu conheço-o desde pequeno."
Chorei vezes sem conta, com inúmeras saudades tuas, com medo de te perder.
Passou tudo tão depressa, que já não sei distinguir o que aconteceu entre nós de sonho, a realidade.
Uma vez disseste que querias uma foto comigo e que a descrição da mesma seria:
"Juntos voaremos mais alto que um avião e nadaremos mais fundo que um submarino."
És a melhor pessoa que eu conheci até hoje, és especial. Sem dúvida esse teu sorriso é algo que encanta quem te vê passar.A história é tão grande, que nem sei como contá-la com pormenores.
Talvez não tenha passado disso mesmo, de uma história.

Passou um ano e dois meses.
Agora sim. Desisto, de vez.

Cya.





18 + 1?:

carolina gomes disse...

obrigada pelo que escreveste e obrigada pela força
gostei muito, senti cada palavra que escreveste :)

Anónimo disse...

Vale sempre a pena..

Catarina disse...

Não, não vale.

Anónimo disse...

És forte.. admiro isso!

Catarina disse...

As aparências iludem.

Anónimo disse...

Também é verdade.. Mas nunca liguei as aparências.

Catarina disse...

:face:

Catarina disse...

Como eu percebo tão bem essa frase minha querida. Não digas que foi em vão, pois nada na vida é em vão tudo tem um proposito e se não deu paciencia mas também sei que custa ultrapassar.

Beijinho *

silênciodosegredo. disse...

direi que e uma amizade muito verdadeira $:

Anónimo disse...

Tudo o que tem um principio tem um fim... nao te conheço, nao sabes quem sou mas digo-te que o fim é algo natural que alcança todas as coisas... um dia tambem vais conhecer o fim da tristeza que vives... um dia... basta teres paciencia... ainda es muito nova nao queiras nada que seja para sempre ainda... :) força

DP

Catarina disse...

O pior é que é difícil admitires que é "o fim". Não quero que nada seja para sempre, mas lá está: dás tudo para que ele não chegue e quando ele chega, não sabes bem o que fazer.
Obrigada :)

alexandrapinto disse...

«Chorei vezes sem conta, com inúmeras saudades tuas, com medo de te perder.
Passou tudo tão depressa, que já não sei distinguir o que aconteceu entre nós de sonho, a realidade.»
que lindo, que lindo, que lindo!

Amorinha =) disse...

Olá, não deixes de escrever no teu blog, só porque queres esquecer algo menos bom nesta fase da tua vida. Porque a tentação de vires cá reler cada linha que escreveste vai ser ainda maior e a tristeza volta a instalar-se. Continuares com a tua a vida, com o teu blog é a forma mais natural de seguir com a vida e melhores dias virão =)

"Where taking each step one day at a time
You can't loose your spirit
Let live and let live forget and forgive
It's all how you see it
And just remember keep it together
Don't you know you're never alone"

Beijinhos

Anónimo disse...

Na vida, ao contrário do xadrez, o jogo continua depois do xeque-mate. Nao interessa se perdeste ou ganhaste, mas sim aquilo que lutaste para o conseguir, e aquilo que viveste ao lado dele. Agora, aquilo que vives a cada dia que passa, o que és, é uma evolução constante.. Quer tenhas ganho, ou perdido. Nunca deixes de sonhar, a imaginação sempre foi mais importante que o conhecimento. O conhecimento é limitado, a imaginação sempre rodeia o mundo..

Ana Silva * disse...

compreendo-te tão bem. vejo-me em cada palavra que escreves, sinto-as, uma por uma.

adorei, vou seguir :)

Ana Silva * disse...

Sim, a distância, tenho 119 km's a separar-me dele, enfim.
Tal como eu, no ano passado conheci-o; ele dizia gostar de mim, mas eu, naquele momento não sentia o mesmo e fui sempre sincera com ele porque nunca quis magoa-lo. ele começou a namorar e depois acabou com a namorada. mas entretanto eu já tinha conhecido outra pessoa e estava muito feliz. embora, admito, ele nunca me tenha sido completamente indiferente.
estivemos algum tempo sem falar. voltamos a falar em abril deste ano, ele já não tinha namorada, e eu e o meu namorado também tínhamos acabado.
ficamos tão próximos, era-mos inseparáveis (pensava eu), estivemos juntos cerca de um mês. aliás, fiziamos hoje dois meses.
mas ele não achou que eu fosse a pessoa ideal para ele. e está a custar-me tanto, acho que nunca me senti assim.
mas tento ser forte, acima de tudo e sei que vou conseguir ficar bem.

obrigada pelo comentário, pelas palavras :')

Pคтєภ P๏єรเร disse...

Podia chegar aqui e dizer para teres calma, para esqueceres ou pra lutares. Podia usar este comentario pra dizer uma série de coisas bonitas, ou para te dizer tudo o que já te disseram ou o que eu já te disse. Podia. Mas Olha mudaste a história virando a pagina, não mudaste? Deste outro titulo, não deste? Então pronto, agora sorri porque recebeste um comentario do pate de atum! :D Vamos todos chupar o penso à catarina sem medo que ela bem merece! ;)

Beijinho do teu fã e amigo...

Pate de atum ;)

mariaines disse...

obrigada pelo comentário que me fizeste. Vou ter de seguir em frente, por mais dificil que seja :s gostei imenso dos teus textos, vou seguir-te :) beijinho.