29 de Abril de 2011 ♥

terça-feira, 30 de novembro de 2010

You were one of them.

Não percebo como é possível, a pessoa que melhor deveria perceber o que sinto, simplesmente não entede. Nem sequer tentas fazer um esforço mínimo para tentar compreender o meu pensamento. Odeio o simples facto de não te conseguir dizer as mesmas palavras que me magoam, quando são ditas por ti. Não consigo dizer-te na cara, tudo o que mereces, todas as verdades que precisas de ouvir, todas as coisas por que me fizeste passar. Não te consigo dizer o quanto me magoaste! Não sei ser assim, ninguém me ensinou a criar uma gota de mágoa em quem quer que seja. Não consigo entender essa tua arrogância, essa tua intensa vontade de me magoares, mais e mais, uma e outra vez... como se me espezinhasses até eu ficar desfeita e aí não ter mais forças para dizer 'que dói tudo o que me estás a fazer'.

3 + 1?:

inês disse...

acorrentei-te no meu desafio do blog. desculpa dar-te mais trabalho ao responder :b

Vanessa disse...

de nada, obrigado eu !
Força *

m. disse...

sim , a música é muito bonita (:
tal como a que tens aqui no blog . e em relação ao post , às vezes temos que aprender coisas sozinhos , e ainda que custe , acho que o melhor é sempre dizer o que deve ser dito , quanto mais não seja para tirar um peso dos ombros .