29 de Abril de 2011 ♥

domingo, 5 de dezembro de 2010

#2 - Carta para a tua paixão

Aqui estou eu, a dirigir uma carta à minha primeira e maior paixão de sempre. Cada vez que olho para as minhas sapatilhas, penduradas num canto, no meu quarto, relembro cada momento que passei durante 6 anos. Sinto a enorme vontade de dançar e de voar como quiser! Sinto a emoção que sentia quando cada espectáculo chegava e as lágrimas vêm-me aos olhos simbolizando a eterna saudade que guardo dentro de mim! Fecho os olhos tal como fazia, e sinto-me a flutuar, como se estivesse naquele momento a sobrevoar o palco! Relembro a dor do esforço que fazia, só para atingir o rigor necessário para a perfeição! Relembro o extremo cansaço depois de cada aula, as dores nas pernas e na coluna. Relembro a ansiedade que sentia antes de cada espectaculo! Eu tenho saudades! Tenho saudades da emoção e da convicção no meu olhar! Tenho saudades de me sentir forte e com confiança. Tenho saudades de desabafar tudo o que me incomodava enquanto dançava! De libertar completamente a minha alma e de deixar o meu corpo, por instantes! Da delicadeza de cada toque, movimento, andar, olhar! Despeço-me assim, com saudade (muita).

4 + 1?:

- joanarocha disse...

que lindo !

- joanarocha disse...

muito obrigada catarina !

Paula disse...

Adorei o teu texto, e identifico-me imenso com ele. Eu também fui dançarina.
Há momentos na vida, maus momentos, em que parece que a única coisa que poderá resolver os nossos problemas ou que nos libertará por momentos deste mundo, como tu dizes, é poder estar "naquele momento a sobrevoar no palco" (outra vez). :x

Paula disse...

Sim também dancei ballet durante 3 anos, era novinha, mas nunca deixei para trás a paixão.
Fui, literalmente, obrigada a deixar a minha escola de ballet devido a problemas familiares que me fizeram mudar de casa. Foi das piores perdas que tive, mas NUNCA esqueci aqueles momentos que nós sabemos e que vivemos em cima daqueles palcos.
Eu também tenho imensas saudades :$