29 de Abril de 2011 ♥

quarta-feira, 9 de março de 2011

That's it.

Quando a liberdade deixa de ser uma simples palavra, quando a mesma nos envolve num tremendo jogo psicológico, repleto de emoções, nas quais são transportados os nossos maiores sentimentos, aqueles que até a sua existência desconhecíamos, aí, somos guiados ao nosso mais profundo interior, ao nosso íntimo, ao lugar pelo qual passamos todos os dias, mas que todos os dias ignoramos e desprezamos. Deixamos fugir a oportunidade vezes sem conta de nos cativarmos com o mundo e com toda a sua natureza, mas o bizarro, é que ela acaba sempre por voltar e permanecer lá, até que chegue o momento em que nós peguemos nela e com convicção nos ultrapassemos a nós mesmos, num acto natural e incrivelmente sentido.

4 + 1?:

joanarocha :) disse...

gostei muito querida.

Joana Meireles disse...

gostei muito *.*

Joana Meireles disse...

obrigada :P está sim *.* foi um momento raro :) heheh

m. disse...

que música bonita tens aqui (: